Início >> Noticia >> Theatro da Paz realiza visitações gratuitas em seus 140 anos
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Theatro da Paz realiza visitações gratuitas em seus 140 anos

 

O Theatro da Paz comemora seus 140 anos, este mês, trazendo em sua programação o projeto “Portas Abertas”, que recebe o público para visitas guiadas, de forma espontânea e gratuita. A programação começou no dia 15 de fevereiro e segue até dia 27. Serão onze dias de visitação em suas instalações, de terça à sexta-feira nos horários de 09h, 10h, 11h, 12h e 14h, 15h, 16h, 17h, aos sábados às 09h, 10h, 11h, 12h e aos domingos, às 09h, 10h e 11h.

Durante o projeto “Portas Abertas”, o público pode chegar e retirar sua senha de participação, sem necessidade de agendamento. Os bilhetes de entrada deverão ser adquiridos no dia escolhido para a visitação, no hall de entrada da Bilheteria do Theatro da Paz, sob orientação dos servidores da bilheteria e dos monitores das visitas, responsáveis pela realização das visitas guiadas. Cada visita guiada atenderá grupos de até 80 visitantes de cada vez. 

História

A pedra-fundamental do Theatro da Paz foi lançada pelo bispo D. Macedo Costa, em 1869. A construção iniciada no auge do período da exploração da borracha, terminou em 1874, mas devido a denúncias contra os construtores só foi inaugurado após a conclusão do inquérito, no dia 15 de fevereiro de 1878. Tombado pelo Iphan, em 1963, é o maior teatro da Região Norte e um dos mais luxuosos do Brasil. 

Durante todos esses anos, o teatro passou reformas, que mantiveram suas linhas arquitetônicas originais, um universo secular pelo qual o público passeia quando entra ali. As poltronas são de palhinha, escolha da época, pensada por ser mais adequadas ao clima local. No saguão, dois bustos em mármore de Carrara: de José de Alencar e de Gonçalves Dias, dois primeiros indianistas da literatura brasileira. Há também o busto de Carlos Gomes que regeu ali sua mais famosa ópera, “O Guarani”.

 Durante todo o ciclo da borracha as mais importantes companhias líricas e de dança se apresentaram no Theatro da Paz, que recebeu Ana Pavlova, considerada uma das maiores bailarinas clássicas de todos os tempos, e a grande cantora lírica brasileira, Bidu Sayão. Depois veio o declínio da exportação do látex e o teatro passou por uma período em decadência, para ser reerguer no século XX, quando passa pelo primeiro restauro. 

Bilheteria eletrônica

 "Não é fácil manter um teatro monumento, é preciso cuidados específicos e muita atenção. Além de nossas programações, um dos maiores desafios é esse, a sua manutenção", comenta a diretora do theatro Célia Cavalcante, lembrando que da última grande reforma pela qual passou o teatro entre os anos de 2001 e 2002. 

 

"Temos um trabalho constante, de trocas das palhinhas das cadeiras, lâmpadas que queimam, entre outros zelos, pois é um teatro secular, pedimos sempre que o público que vem ao teatro também tenha cuidado com esse patrimônio", diz Célia. 

 Todo esse cuidado vem permitindo que programações pontuais sejam realizadas, como os concertos da OSTP e Amazônia Jazz Band, o Festival de Ópera, que este ano chega a sua 17ª edição, além de espetáculos locais ou que estejam em turnê pelo país.  Uma boa novidade é que não é mais necessário enfrentar filas para retirada de ingressos pagos ou gratuitos. Foi implantada no final de 2017 a bilheteria eletrônica, permitindo que os ingressos possam ser adquiridos pela internet, no site Ticket Fácil.

 "Além da gente abrir as portas para as visitas guiadas do público, este mês, de forma especial, sem cobrança de ingressos, apenas retirada de senhas aqui mesmo, também já estamos oferecendo o serviço de bilheteria na internet. Isso facilita, para quem não tem tempo de ficar na fila, retirar seu ingresso mesmo que seja gratuito", conclui Célia Cavalcante.

Contação de História

 E para encerrar o mês comemorativo de aniversário, no dia 28 de fevereiro, o Theatro da Paz retoma o projeto Contação de História, uma forma inovadora de se apresentar ao público infantil, mostrando facetas de seu esplendor arquitetônico, de sua história e das curiosidades que fazem desse templo cultural um dos mais bonitos do Brasil.

A visita conta com intervenções da atriz e arte-educadora Karla Pessoa que, num figurino de época e numa linguagem própria, apresentará a história do majestoso Theatro da Paz, por meio de uma explanação lúdica de conteúdo e conhecimentos, com contação de histórias, de forma a prender a atenção das crianças e seus professores, de forma prazerosa.

As visitas são gratuitas e destinadas aos alunos de 07 a 12 anos matriculados nas escolas públicas paraenses. No dia 28, já estão confirmadas as crianças do ProPaz, E.E. Ida de Oliveira, E.M. Maria Stellina Valmont e E.M. Republica de Portugal.  O projeto acontecerá regularmente, uma vez por mês, no horário das 10h às 11h.

 

Agenda /Projeto Portas Abertas

Visitações gratuitas de 15 a 27 de fevereiro/2018

Com distribuição de senhas na Bilheteria do Theatro.

https://ci6.googleusercontent.com/proxy/RnNZfQn2o2xpggJQqefCOervMbPIci5mujDPJnvl43kv6Rtxjyh5gHN_JKVzeU-aaGz3pePFgxfoAAtZJZNx8mveVTc-11j98EfuAJVcumUenA=s0-d-e1-ft#https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gifInformações: 40098769/ 40098758/40098759

 De 3ª à 6ª feira: 9h, 10h, 11h, 12h, 14h, 15h, 16h e 17h

Aos sábados: 9h, 10h, 11h e 12h

Aos domingos: 9h, 10h e 11h

 

Agenda/ Projeto Contação de História

Cronograma 1º semestre de 2018 - (de 10 às 11 h)

28 de fevereiro - 21 de março

25 de abril - 23 de maio - 18 de junho

Público atendido: Crianças e adolescentes de escolas da rede pública de ensino.

Lotação: 100 pessoas. Duração: 50 minutos

 

Mais informações: Paloma Carvalho (Coordenadora de Projeto/Theatro da Paz)

91 98726-4932/ 98033-2162 (WhatsApp)

 

Por Luciana Medeiros (Assessoria de Imprensa/Portas Abertas e Contação de História