Início >> Noticia >> W. A. Mozart e Schubert no Concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

W. A. Mozart e Schubert no Concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz

 

W. A. Mozart  e Schubert no Concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz

 

A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, já é conhecida mundialmente, com diversas apresentações marcantes, participações, além de possuir um programa de concertos didáticos e um projeto de interiorização, concertos ao ar livre, uma série de câmara, além de atuar no Festival de Ópera do Theatro da Paz. E na quinta feira dia 25 de outubro, às 20hs, realiza o seu mais novo concerto que apresentará clássicos de W. A. Mozart  e Schubert. Com entrada franca.

A OSTP se destacou na imprensa nacional no ano de 2012, recebendo elogios da crítica especializada, pela execução da ópera Salomé, de R. Strauss. Aparit disso, a crítica brasileira vem reconhecendo a trajetória ascendente da orquestra, por sua atuação nas óperas Il Trovatore e Otello, de Verdi, e Don Giovanni, de Mozart, regidas por Silvio Viegas, e Navio Fantasma, de Wagner; Mefistofele, de Boito e Os Pescadores de Pérolas, de Bizet, Turandot, de Puccini, e A Voz Humana, de Poulanc, sob a direção do Maestro Titular Miguel Campos Neto. Em 2016 a OSTP se apresentou no Teatro Amazonas, de Manaus, dentro da programação do Festival Música na Estrada, em 2017, foi escolhida na seleção de Melhores do Ano, do site movimento.com, como a melhor orquestra da Temporada Nacional de Ópera.

Em 2018 a OSTP completou 22 anos, e ao longo desses anos diversos maestros já foram titulares como Andi Pereira, Barry Ford, Mateus Araujo e Enaldo Oliveira. Desde janeiro de 2011 é conduzida pelo maestro Miguel Campos Neto. Gravou dois CDs ao vivo: em 1999 o CD “Arthur Moreira Lima interpreta Waldemar Henrique”, e em 2012 o CD “Centenário Wilson Fonseca”, além de dois DVDs ao vivo, um em 2008, e o mais recente com a cantora Carmen Monarcha, em 2015.

O maestro Miguel Campos Neto, já foi vencedor do III Concurso Internacional Fundação Oriente para Jovens Chefes de Orquestra, em 1997, presidente da Metropolitana, instituição que gere a Orquestra Metropolitana de Lisboa (da qual foi também Diretor Artístico), diretor artístico e maestro titular da Orquestra do Algarve e da Orquestra Clássica do Sul. Atualmente é diretor artístico do IN Spiritum – Festival de Música do Porto, maestro titular da Orquestra Sinfônica Ensemble e maestro titular e diretor artístico da Orquestra Bomtempo. Nos últimos anos, dirigiu, a Royal Philharmonic Orchestra, a Orquestra Sinfônica de Nuremberga, a Orquestra Sinfônica Portuguesa, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Sinfônica do Porto Casa da Música, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra de Câmara da Rádio Romena e a Berliner Symphoniker.

Wolfgang Amadeus Mozart, (1756-1791) foi um músico e compositor austríaco, considerado um dos maiores nomes da música erudita e um dos compositores mais importantes da história da música clássica. Franz Peter Schubert escreveu cerca de 600 canções, além de óperas, sinfonias e sonatas, entre outros trabalhos. É considerado um dos maiores compositores do século 19, marcando a passagem do estilo clássico para o estilo romântico.

PROGRAMA

W. A. MOZART (1756 – 1791)

Sinfonia n. 41, em Dó maior, k. 551  "Júpiter"

1. Allegro vivace

 2. Andante cantabile

 3. Menuetto - Allegretto

 4. Molto allegro

 INTERVALO

 SCHUBERT (1797-1828)

Sinfonia nº 9, em Dó maior, D. 944.

Andante - Allegro ma non troppo - Più Moto

Andante con moto in Lá menor

Scherzo - Allegro vivace Trio in Dó maior/Lá maior

Finale - Allegro vivace

O evento tem realização da Academia Paraense de Música, do Theatro da Paz, juntamente com a Secretaria de Cultura do Estado do Pará – Secult e do Governo do Estado do Pará, com o apoio da Cultura Rede de Comunicação.

 

Serviço:

W. A. Mozart  e Schubert no Concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz

Local: Theatro da Paz, Rua da Paz, s/n – Campina – Belém, Pará.

Regência: Miguel Campos Neto

Data: 25/10/2018                               

Horário: 20h

Entrada: Franca com distribuição de ingressos na bilheteria do Theatro e no site www.ticketfacil.com.br

 

Colaboração Camila Correia