Início >> Noticia >> Contação de histórias encanta crianças na visita ao Theatro da Paz
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Contação de histórias encanta crianças na visita ao Theatro da Paz

 

 Olhares atentos, curiosos, deslumbrados e a cena lúdica marcaram a volta do Projeto Contação de histórias do Theatro da Paz, que na quarta-feira, dia 28, fechou o mês de fevereiro. O objetivo é proporcionar a estudantes da escola pública, entidades carentes e projetos sociais de todo o estado a oportunidade de conhecer e ter esse contato de perto com esse grande patrimônio arquitetônico de Belém.

 O projeto foi criado no primeiro semestre de 2017, no aniversário do Theatro da Paz, sob a coordenação da produtora do teatro, Carmen Ribas, e se estendeu de fevereiro a junho, com duas visitações por mês, cada uma com cerca de 120 crianças., o que gerou uma média de 900 visitantes neste período. O projeto não foi realizado no segundo semestre devido a temporada do Festival de Ópera.

 Na retomada do projeto, este ano, será realizada uma visita por mês, com a duração de 50 minutos, sob a coordenação da produtora Paloma Carvalho. Os visitantes são conduzidos por um personagem criado para o evento, uma jovem mulher representando uma “dama de época”, do século passado, que contará histórias e curiosidades da casa de espetáculo e lendas amazônicas para estudantes na faixa etária dos 7 aos 12 anos, cursando o ensino fundamental I e I1. Nos dias agendados para a visita, poderão ser recebidos de 100 a 150 estudantes, limite foi estipulado para manter o bem-estar dos participantes e a fluidez do evento, visando o sucesso na apreciação da visita e para torna-la mais confortável para as crianças.

A dama adormecida

No roteiro criado pela coordenação, os visitantes chegaram o personagem despertou do seu sono num divã e ao deparar com as crianças sentadas na escadaria do hall frontal do Theatro, ali mesmo começou a relembrar do seu tempo, a contar histórias do Theatro da Paz e lendas, como a do muiraquitã. A cena despertou a curiosidade dos cerca de 100 alunos da Escola UP Santo Agostinho da Aldeia e do Projeto PROPAZ, que prontamente interagiram nesse jogo lúdico.

 Durante a visita as crianças puderam assistir um pouco do ensaio da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz e ficaram fascinadas com a música. Em seguida, o grupo se dirigiu ao salão nobre, onde aconteciam os grandes bailes, e a contação de história prosseguiu. Ao final, a dama se despediu, voltando a dormir. Era fim do espetáculo.

 Karla Pessoa é a atriz que dá vida à ‘Dama de época’ e que festeja os vinte anos de carreira. Ela reafirma que sempre sente “uma grande emoção por trazer um pouquinho da história do Theatro e das nossas lendas. Quando eu entro neste mundo da fantasia, as crianças se envolvem nessa viagem pela imaginação e muitos acreditam que vim de séculos passados. As crianças sempre perguntam se as roupas realmente vieram da Europa”, finalizou.  

Pela primeira vez

 A Coordenadora Pedagógica da Escola UP Santo Agostinho da Aldeia, Waldisia Estela Menezes de Andrade, avaliou que essa atividade é uma excelente oportunidade para que as crianças realmente conheçam esse patrimônio arquitetônico de Belém e que “a visita não passará em branco”, pois essa experiência será relatada pelos estudantes em sala de aula.

Leticia Trindade de Mello, de 11 anos, uma das mais de 50 crianças da escola UP Escola UP Santo Agostinho da Aldeia, onde cursa o nono ano, visitou o Theatro da Paz pela primeira vez e falou de suas expectativas:” Quero conhecer todos os cantos e detalhes, tudo mesmo quando voltar ao Theatro outra vez”.

 Estudantes atendidos pelo Projeto PROPAZ, também compareceram à visita. O grupo era formado por 50 crianças, na faixa de 8 a 12 anos, cursando do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, todas participantes do Instituto Bola Branca e Polo do Corpo de Bombeiro no Distrito de Outeiro. Camila Brandão, coordenadora, contou que a visita foi agendada com antecedência que as crianças estavam ansiosas. “Chegaram bem antes do horário no Polo para estar aqui no Theatro da Paz”. Camilla disse que gostaria de ter levado mais crianças para o evento, mas “infelizmente não podemos trazer todas as crianças. Hoje, o Polo dos Bombeiros atende 240 crianças e o Polo do Bola Branca, 100 crianças. No total são 340 crianças apenas no distrito de Outeiro, então ficou inviável pelo o número”. Os Polos desenvolvem atividades Socioeducativas e esportivas e especificamente no Polo dos Bombeiros há também natação, teatro, música e percussão.

Tayssa de Carvalho, do 5º ano da Escola Bosque, que teve a oportunidade de ir com o PROPAZ, disse já ter passado muitas vezes próximo do Theatro da Paz e sempre teve a curiosidade de visitar o local por achar  que “a arte é sempre muito bem apreciada e quando você tem oportunidade de ver, sentirá uma emoção muito grande” e prometeu fazer outras visitas, já que a arte sempre fez parte da sua vida por ter se apresentado em diversas peças teatrais na escola.

 

Agendamentos - 1º semestre de 2018 - (de 10h às 11h)

21 de março

25 de abril

23 de maio

18 de junho

 

Contação de Histórias - As visitas são gratuitas e devem ser previamente agendadas no Theatro da Paz pelo e-mail contacaodehistoriatdapaz@gmail.com. Informações: 40098769/ 40098758/40098759.

Texto: Colaboração de Camila Correia