Início >> Noticia >> OSTP recebe maestro português Cesário Costa em concerto com repertório lusitano
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

OSTP recebe maestro português Cesário Costa em concerto com repertório lusitano

 

Para celebrar os 151 do Grêmio Literário Português, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) recebe o maestro Cesário Costa para o concerto especial da próxima quinta-feira (27), às 20h, que terá repertório erudito lusitano. O evento é uma promoção do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e Academia Paraense de Música (APM), com apoio da Rede Cultura de Comunicação e em parceria com o Grêmio Literário Português, vice-consulado de Portugal em Belém e Instituto Camões. A entrada é gratuita.

 

O maestro explica que para este concerto serão apresentadas obras de três dos compositores mais representativos da música orquestral portuguesa: Marcos Portugal (1762-1830), que tem a particularidade de ter nascido em Portugal, onde foi maestro do Teatro São Carlos, mas a partir de 1811, veio para o Brasil, onde foi nomeado compositor oficial da corte, tendo-se naturalizado brasileiro; Luís de Freitas Branco (1890-1955) e Joly Braga Santos (1924-1988), que são os dois mais importantes compositores portugueses do século XX.

 

“Freitas Branco fez a aproximação da música portuguesa às correntes estéticas mais modernas da sua época, sendo considerado o ‘introdutor do modernismo’ em Portugal. Braga Santos foi um compositor de uma vasta obra sinfónica, tendo a sua escrita assentando em três vertentes: o modalismo com raízes na polifonia, a influência da música popular portuguesa e, na última fase da sua vida, a utilização de um cromatismo bastante livre”, explica Cesário Costa.

O maestro português enfatiza que é importante de realizar concertos com compositores lusitanos, como uma forma de difundi-los e apresentá-los a novos espectadores. “Julgo que é muito importante para qualquer país a preservação e a divulgação do seu patrimônio histórico. O programa deste concerto tem esse propósito. É a minha intenção contribuir para que o público de Belém conheça novas obras de compositores portugueses, e possa, desta forma, descobrir um novo repertório”, explica.

 

Ano passado, Cesário Costa veio à capital paraense reger concerto com a sinfônica, para a mesma comemoração, e agora está de volta agora para um novo espetáculo e também para estreitar intercâmbios com o maestro titular Miguel Campos Neto e os músicos. “Foi um concerto muito especial para mim pelo significado que tinha para o Grêmio, pelo fato de se ter realizado no belíssimo Theatro da Paz e pela grande qualidade que os músicos da OSTP demonstraram nesse concerto. Por essas razões, é um prazer enorme voltar a Belém”, diz.

 

Sobre Cesário Costa

Vencedor do III Concurso Internacional Fundação Oriente para Jovens Chefes de Orquestra, em 1997, foi desde então convidado para dirigir inúmeras formações nacionais e estrangeiras. Para além da direção de orquestra, tem exercido funções de docência e de programação musical em várias instituições. Foi Presidente da Metropolitana, instituição que gere a Orquestra Metropolitana de Lisboa (da qual foi também Diretor Artístico). Foi Diretor Artístico e Maestro Titular da Orquestra do Algarve e da Orquestra Clássica do Sul.

 

Atualmente é diretor artístico do IN Spiritum – Festival de Música do Porto, maestro titular da Orquestra Sinfónica Ensemble e maestro titular e diretor artístico da Orquestra Bomtempo. Nos últimos anos, dirigiu, a Royal Philharmonic Orchestra, a Orquestra Sinfónica de Nuremberga, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra de Câmara da Rádio Romena e a Berliner Symphoniker. Depois de concluir, em Paris, o Curso Superior de Piano, estudou Direção de Orquestra, completando com nota máxima a Licenciatura e o Mestrado na Escola Superior de Música de Würzburg, na Alemanha. Atualmente, está a finalizar, na Universidade Nova de Lisboa, uma tese de doutoramento sobre o Maestro Pedro de Freitas Branco.

 

PROGRAMA

MARCOS PORTUGAL (1762-1830)

Il Duca di Foix: Abertura em Mib Maior

JOLY BRAGA SANTOS (1924-1988)

Divertimento nº 1, op. 36

INTERVALO

LUÍS DE FREITAS BRANCO (1890-1955)

Sinfonia nº 2 em Sib menor

 

 

Serviço Concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, com regência de Cesário Costa Data: 27/09/2018 Horário: 20h Local: Theatro da Paz (Belém-Pará) Ingressos gratuitos disponíveis na bilheteria do teatro a partir das 9h do dia 26/09 na bilheteria do teatro e no site www.ticketfacil.com.br (retirada limitada a dois ingressos por pessoa, com taxa de conveniência de R$2 por ingresso)