Início >> Noticia >> Show “Gerações Tapajós” no Theatro da Paz
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Show “Gerações Tapajós” no Theatro da Paz

O nome Sebastião Tapajós já é muito conhecido no cenário paraense e nesta sexta-feira, 12 de outubro, às 20h, chega ao palco do Theatro da Paz, com o show “Gerações Tapajós”, uma apresentação repleta de afetos e parcerias. Os ingressos começam a ser distribuídos nesta quinta-feira, 11, a partir das 9h, na bilheteria do teatro e pelo www.ticketfacil.com, na internet.

A apresentação reunirá artistas, músicos, cantores e compositores que possuem influência e proximidade com o violonista, como Nilson Chaves, Jane Duboc, Leila Pinheiro, Mestre Solano, Salomão Habib, Ney Conceição, Nego Nelson, Luiz Pardal, Lúcio Mouzinho e Paulinho Moura, que farão uma grande homenagem ao músico, que estará também acompanhado pelo violonista Igor Capela, que faz a direção musical do show, Márcio Jardim (percussão) e Adreson Dourado (teclado).

Será um encontro de artistas de diversas gerações que acompanham o trabalho e a trajetória de um dos mais importantes violonistas do mundo. O espetáculo faz um recorte dessa trajetória que abrange composições eruditas, folclóricas e populares e que inspiram e influenciam diferentes gerações de artistas, alguns de expressão nacional e internacional. 

 “Conheci o Sebastião Tapajós em 1968, através de uma carta do maestro Waldemar Henrique quando estava indo para o Rio de Janeiro. A partir daquele momento nos tornamos amigos, parceiros e gravamos o disco “Amazônia Brasileira”, lançado na Europa, por um selo alemão. Desde então foram vários shows, apresentações. Ele é um grande amigo, irmão, parceiro, uma pessoa linda e generosa e transbordando de talento, musica”, ressalta Nilson Chaves.

“Estou muito feliz de estar com Sebastião Tapajós e tantos artistas, músicos queridos nesta noite inesquecível na nossa Belém adorada e no Theatro da Paz. Muita emoção junta. Ufa! Vamos homenagear, louvar, reverenciar e nos emocionar com as músicas lindas e tocantes que Sebastião há tantos anos compõe e nos ilumina. Pequenino de tamanho - um gigante tocando. A gente se reencontrou em 2017 e foi para o palco junto com a Orquestra Jovem Vale Musica e hoje, sob as bênçãos de N.S. de Nazaré vamos todos cantar suas músicas. Que noite nos espera! Saúde e muita paz, Tião querido, tu és o coração inteiro do Pará batendo forte”, diz Leila Pinheiro. 

“Vamos estar todos juntos nesta homenagem no dia 12de outubro, com Sebastião Tapajós e convidados. Ele que é o nosso amado mestre, um violão paraense dos mais conhecidos no planeta terra, e merece toda nossa homenagem. É o nosso compositor, anjo e amigo”, diz emocionada a cantora Jane Duboc.

O repertório traz 20 músicas de Sebastião Tapajós, a maioria composições individuais e o restante em parceria. Não ficarão de fora sucessos como Milonga do sabiá, Pro Baden, Um pro Ney, Igapó, Cheiros do Pará, Ana Luíza, Luá Joá, Aos da guitarrada e Rei Solano, entre as autorais. Das parcerias estão Navio Gaiola (Letrista: Antonio Carlos Maranhão), que terá interpretação de Nilson Chaves, A flauta (Letrista: Billy Blanco), que terá interpretação de Jane Duboc, Desencanto (Letrista: Billy Blanco), com Leila Pinheiro e a novíssima Bem mais (tributo à Edna Savaget - Letrista: Lourdes Garcez), que será interpretada também por Leila Pinheiro.

Sebastião Tapajós se formou em música na Europa e realizou recitais em diversos países, tem cerca de 60 CDs lançados, sendo eles referências no Brasil e no mundo. O músico também chegou a ser professor de Violão Clássico no Conservatório Carlos Gomes, de 1966 a 1967. Nos últimos anos, o violonista vem compondo um grande número de novas obras, experimentando novas estéticas e revisando sua vasta produção. 

Em 2010, fez a direção artística do CD Cristina Caetano interpreta Sebastião Tapajós e Parceiros. Em 2011, produziu e lançou os CDs Cordas do Tapajós e Conversas de Violões, com o músico Argentino Sérgio Ábalos. Em 2012, lançou Suíte das Amazonas e remasterizou o clássico Painel, uma de suas obras mais conhecidas em todo o mundo. Em 2013, lançou e realizou turnê nacional com o CD Da Lapa ao Mascote, e lançou o DVD Sebastião Tapajós e amigos solistas. Em 2017, lançou o CD ‘Memórias’.

O artista já tocou com nomes conhecidos da música brasileira e internacional, incluindo Hermeto Pascoal, Zimbo Trio, Waldir Azevedo, Paulo Moura, Sivuca, Maurício Einhorn, Joel do Bandolim e Yamandu Costa, Gerry Mulligan, Astor Piazzolla, Oscar Peterson e Paquito D'Rivera. Além de sua obra como instrumentista, é autor de várias canções, em parceria com Marilena Amaral, Paulinho Tapajós, Billy Blanco, Antonio Carlos Maranhão, Avelino V. do Vale, Lourdes Garcez, Gonzaga Blantez e outros. 

Constam da relação dos intérpretes de suas canções, artistas como Emílio Santiago, Miltinho, Pery Ribeiro, Jane Duboc, Maria Creuza, Fafá de Belém, Nilson Chaves, Ana Lengruber, Cristina Caetano, Andréa Pinheiro, Alba Maria, Nanna Reis, dentre outros. 

Bastante popular no exterior, onde é considerado um dos violonistas mais criativos e originais, Sebastião vê suas obras serem constantemente regravadas em CDs, nos diferentes países onde se apresentou. Seu disco "Guitarra Criolla", de 1982, ganhou diversos prêmios na Europa, incluindo o Grande Prêmio do disco da Alemanha, assim como "Terra" (1992). Por diversas vezes ganhou o Prêmio SOCIMPRO, por suas músicas serem as mais executadas no Brasil. Em 1997 registrou em disco sua parceria com Gilson Peranzzetta, no CD "Afinidades".

Serviço

Show “Gerações Tapajós” no Theatro da Paz, no Theatro da Paz, Rua da paz, Campina, Belém – PA. Entrada franca. Os ingressos poderão ser retirados a partir desta quinta-feira, 11, às 9h, na bilheteria do Theatro da Paz ou online www.ticketfacil.com. Contato: 4009-8750