Início >> Noticia >> Theatro da Paz passará por manutenção e restauro
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Theatro da Paz passará por manutenção e restauro

A mais importante e simbólica casa de espetáculos do Pará receberá carinho e cuidados durante este mês de março. Com arquitetura inspirada no Teatro Scalla, de Milão, o Theatro da Paz - mais nobre representante do período áureo da borracha - passará por obras emergenciais de manutenção e restauro no período de 11 de março a 02 de abril.

A primeira fase da obra será realizada na fachada e no pavimento térreo do edifício e, nesse período, o Theatro ficará fechado e sem atendimento ao público. Ao final dessa fase, que durará em média dezessete dias, o Da Paz será reaberto, retomando suas atividades normais. A partir daí será iniciada a segunda fase do restauro, porém, em áreas internas, não impedindo acirculação do público. O governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), está fazendo um imenso esforço para garantir a celeridade de todo o processo, de modo que todo o projeto integral da obra cumpra a duração prevista de quatro meses.

O Theatro da Paz encontra-se com problemas na cobertura estrutural do prédio, o que vem causando infiltrações e fissuras no forro de estuque, além de haver a presença de vegetação aérea na fachada. A umidade causou danos identificados na parte superior das paredes, no Foyer, em camarins do 2º pavimento, na copa, banheiros, vestiários, na Sala de Balé (no 3º pavimento), entre outros espaços do Theatro.

De acordo com a secretária de estado de cultura, Ursula Vidal, a medida emergencial foi tomada em função das condições de manutenção e segurança que o edifício apresenta, e também como forma preventiva, para evitar danos semelhantes aos que ocorreram no Museu do Estado do Pará (MEP). "Para nós, preservar a integridade das pessoas é fundamental. Então, ainda em janeiro, solicitamos uma vistoria em todos os nossos espaços feita pelo Corpo de Bombeiros e pela equipe de engenharia da Secretaria. Diante do relatório, decidimos iniciar as obras pelo TP, porque a casa já tem uma agenda de ocupação quase toda fechada para o ano, com pautas diárias e uma circulação de público maior", explicou. 

Também está previsto o rebocamento das paredes danificadas, impermeabilização e pintura interna e externa do Theatro da Paz. “Após essa temporada de reformas e restauros, nosso templo maior da arte será entregue à população do Pará, com o cuidado e o respeito que ele merece", finalizou a secretária.