Notícias

Secult realiza Preamar do Círio com programação online e presencial

Ação visa descentralizar o acervo do Museu do Círio e valorizar as diversas manifestações da festa
Por Thaís Siqueira (SECULT)
05/10/2021 10h08 - Atualizada em em 05/10/2021 10h10

Para celebrar a magnitude e o vigor cultural do Círio de Nazaré, que chega à sua 229ª edição, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), inicia a partir do próximo dia 05 de outubro o Preamar do Círio. A programação é inteiramente gratuita e segue em formato de estações pelo segundo ano consecutivo, com o intuito de descentralizar o acervo do Museu do Círio e valorizar as diversas manifestações presentes no universo simbólico da festa.

Serão cinco pontos de encontro: Museu de Arte Sacra, Estação Cultural de Icoaraci, Arquivo Público do Pará, Museu do Estado do Pará e Museu do Círio, além de conteúdos digitais, disponibilizados no site do Sistema Integrado de Museus e Memoriais (museus.pa.gov.br).

O Museu do Círio será uma das estações da programação elaborada pela Secult

A Estação 1 já está aberta aos visitantes desde o último dia 21, com a exposição “Arraial de Nazaré: um largo de memórias”, na Galeria Fidanza do Museu de Arte Sacra (MAS), e segue até 16 de novembro. A mostra traz brinquedos que compõem o arraial feitos por artesãos de Abaetetuba e pertencentes ao Museu do Círio, uma representação do arraial feita em miriti, além de fotografias e vídeos que retratam cenas capturadas no espaço ao longo das últimas décadas. Um dos destaques da mostra é uma réplica de 4 metros de diâmetro da roda gigante, que permanece na Galeria até 03 de outubro e depois segue para o Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans - Júlio Cezar Ribeiro.

Estação 2 - Nos dias 01, 02, 04, 05 e 06 de outubro, ocorre a oficina de mantos “Partilhas do Círio” na Estação Cultural de Icoaraci. O objetivo é valorizar o trabalho artesanal e tradicional de produção de mantos do Círio feitos por artesãs do Distrito e dos sabores que marcam a cultura alimentar regional nesse período. Os mantos produzidos por 15 pessoas da comunidade durante as oficinas irão compor uma exposição que abrirá no dia 15 de outubro.

O Museu de Arte Sacra, no centro histórico de Belém, também está no trajeto do Preamar do Círio

No dia 05, a programação segue para a Estação 3, com a exposição digital “Procissão de cartazes: a coleção de cartazes do Museu do Círio em 3 séculos (XIX, XX E XXI)”. Serão apresentados 140 cartazes com recortes do Círio de Nazaré nos três séculos, com destaque para o cartaz do Círio de 1878, o mais antigo já documentado, e o programa de festa de 1900, com numerosas informações sobre a festividade de Nossa Senhora de Nazaré no início do Século XX, ambos do acervo documental do Museu do Círio e registrados em formato eletrônico em parceira com o Arquivo Público do Pará.

Com curadoria de Anselmo Paes, diretor do Museu do Círio; Leonardo Torii, diretor do Arquivo Público; e Nando Lima, da Coordenadoria de Curadoria e Montagem do SIMM, a mostra terá versão digital no site museus.pa.gov.br e segue até 31 de outubro.

“Um carnaval devoto” é o tema da Estação 4, que ocorre na Capela do Museu do Estado do Pará (MEP), a partir do dia 08, às 18h. A exposição é inspirada na obra clássica de mesmo nome, escrita por Isidoro Alves, em 1980, e reúne imagens do lado festivo, com ênfase no Auto do Círio. A programação conta ainda com a exibição de um vídeo, na lateral do MEP, produzido pelos realizadores do Auto do Círio, essa rica manifestação da cultura popular que também integra o ambiente simbólico da festa.

Às 20h, a Amazônia Jazz Band se apresenta no Theatro da Paz, com transmissão ao vivo pela TV Cultura, num programa que mistura entrevistas, matérias especiais e um repertório inédito, produzido especialmente para o Preamar do Cirio. Os ingressos serão disponibilizados na bilheteria do teatro a partir das 18h. Será preenchida até 85% da capacidade da casa de espetáculos e os visitantes precisam apresentar a carteira de vacinação com pelo menos uma das doses da vacina ou o exame PCR realizado até 72 antes.

O Arquivo Público do Estado receberá a Estação 3, que inclui a coleção de cartazes do Círio nos séculos XIX, XX E XXI

Para encerrar a programação, será aberta no dia do aniversário de 35 anos do Museu do Círio – 09 de outubro – a Estação 5: “Ponto de encontro: a história de um museu – 35 anos de Museu do Círio (1986-2021)”, na Sala de Multimídia do Museu do Círio e no site do SIMM. A exposição híbrida (presencial e online) apresenta imagens fotográficas da inauguração do Museu em 1986 no subsolo da Basílica de Nazaré até 2002, com sua localização já no Complexo Feliz Lusitânia.

“A proposta do Preamar do Círio, enquanto cortejo, é se movimentar pela cidade, descentralizando a ação do Museu do Círio. E a intenção é que a gente vá cada vez mais longe e alcance outros lugares, outros bairros, talvez até outros municípios. O Preamar é um convite a conhecer o patrimônio cultural, a entender o Círio com um aspecto antropológico de reflexão sobre quem é o paraense. É também uma forma de superarmos os limites dos próprios museus. Então, a cada ano, estamos incorporando novos elementos e narrativas e assim a gente vai poder tornar o museu mais acessível, realizando sua função social”, comentou o diretor do Museu do Círio, Anselmo Paes.

Serviço:
Preamar do Círio
Estação 1: “Arraial de Nazaré: um largo de memórias”
Data: até 16 de novembro
Local: Galeria Fidanza do Museu de Arte Sacra

Estação 2: “Partilhas do Círio”
Datas: 01, 02, 04, 05 e 06 de outubro
Local: Estação Cultural de Icoaraci

Estação 3: “Procissão de cartazes: a coleção de cartazes do Museu do Círio em 3 séculos (XIX, XX E XXI)”
Data: 05 a 31 de outubro
Local: Arquivo Público do Pará e site museus.pa.gov.br

Estação 4: “Um carnaval devoto”
Data: 08 a 31 de outubro
Local: Capela do Museu do Estado do Pará (MEP)

Amazônia Jazz Band
Data: 08 de outubro, às 20h
Local: Theatro da Paz, com transmissão ao vivo pela TV Cultura

Estação 5: “Ponto de encontro: a história de um museu – 35 anos de Museu do Círio (1986-2021)”
Data: 09 de outubro a 31 de dezembro
Local: Sala de Multimídia do Museu do Círio e no site do SIMM